quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Pilares, Pontes e Apresentações

(Ponte Marechal Carmona, Vila Franca de Xira, em 1 Dezembro 2011)

O que seria desta (e de qualquer outra) ponte sem os respetivos pilares? E quais são os pilares fundamentais de uma apresentação onde se entende que a ponte é algo que une o apresentador e o participante? O que sustentará essa ponte?
No livro Apresentações Que Falam Por Si, dão-se a conhecer alguns pilares fundamentais para uma apresentação de sucesso: Inteligência Emocional, Programação Neurolinguística, Inteligências Múltiplas, Neuromarketing, Hemisférios Cerebrais, Eye Tracking, Modelos de Memória, Estilos e Preferências de Aprendizagem, Emoções, Cognição e Neurónios Espelho".
O capítulo "Pilares do Sucesso" constitui uma viagem e um despertar de atenções para áreas que nem sempre temos em conta quando construímos uma apresentação.
Por cima destes (e de outros) pilares deve construir-se o tabuleiro da ponte, cujo material principal é a preparação teórica do conteúdo a apresentar. Para que seja possível atravessar a ponte, ou seja, assistir a uma "Apresentação que Fale Por Si", que outros "materiais" são necessários para a construção do tabuleiro? Deixe-nos a sua opinião...

Sem comentários:

Enviar um comentário